Ao olhar sua empresa – seja uma loja, salão de beleza, restaurante, mercado ou pequeno estabelecimento, muitos empreendedores não enxergam tempo para se aprofundar em algumas pequenas (mas importantes!) ações que poderiam ajudar seu negócio a se sair ainda melhor no mercado.

Por isso, de forma descomplicada e direto ao ponto, esse artigo vai te ajudar a entender os primeiros passos da gestão financeira, com instruções simples e eficientes para qualquer dono de negócio, com qualquer conhecimento em gestão financeira, colocar em prática. Sem um monte de termos complicados e tutoriais complexos.

Cuidar do Dinheiro da sua Empresa

Independente do tamanho do seu negócio, ele tem entradas e saídas de dinheiro, salários, contas a pagar, pagamentos a receber, certo?

Acontece que se você não organizar tudo isso da forma correta, pode acabar confundindo informações e até perdendo o controle do dinheiro da sua empresa.

E é basicamente isso que a gestão financeira fará por você: te ensinará e mostrará tudo que merece sua atenção e o momento em que é preciso tomar uma atitude, cuidando do dinheiro da sua empresa e evitando que pequenos deslizes virem uma bola de neve descontrolada.

Pode parecer complexo colocar “ordem na casa”, mas é uma tarefa importante e que pode ser mais fácil do que você imagina.

Para te ajudar e mostrar cada ponto importante dessa jornada, que nada mais é do que um exercício para entender sua empresa financeiramente, é importante prestar atenção em um ciclo que envolve Administrar, Controlar, Analisar e Planejar.

Ou seja: entender e saber tudo o que já aconteceu, acontece e você quer que aconteça com o dinheiro da sua empresa.

E esse é o primeiro e mais importante passo, independente do tamanho ou ramo da sua empresa, pois te ajudará a garantir o crescimento do seu negócio e até reduzir gastos e perceber resultados alcançados.

Administrar, Controlar, Analisar, Planejar

Essas são as quatro práticas que você precisa incluir na rotina da sua empresa.

Administrar a gestão financeira da sua empresa é entender cada processo e o caminho que o dinheiro faz dentro do seu negócio. Assim você entenderá os riscos que corre, os pontos que merecem mais atenção e as necessidades que tem dentro da sua empresa.

É o primeiro passo que você precisa dar para ter o controle das finanças do seu empreendimento.

E ao controlar você se atentará a outros pontos importantes, como as despesas e custos que seu negócio tem apenas por existir, os gastos que tem para produzir aquilo que vende ou oferecer seu serviço, e até quanto por mês precisa ser garantido para manter sua equipe. Fazendo esse controle você conseguirá analisar o funcionamento da sua empresa e colher dados importantes!

Ao analisar seu caixa, por exemplo, você entenderá qual o valor mínimo para rodar, quanto precisa investir no seu negócio ou que gargalos precisam da sua atenção.

Prestando atenção nessas informações, você consegue perceber os passos que precisa dar agora, que pontos precisa ajustar e inclusive planejar o futuro do seu negócio.

O planejamento é, inclusive, uma parte importantíssima do seu negócio! Antes de tomar qualquer decisão, você precisa pensar em como ela vai impactar sua empresa e conseguir organizar isso de forma segura e responsável.

Pensar no futuro de um negócio exige cuidado e atenção ao que você sabe sobre ele hoje, no presente.

Na prática

Resumidamente, vamos pensar assim:

  • Ao Administrar você irá entender o papel do dinheiro na sua empresa, as necessidades dela, e conseguirá entender, no momento atual, tudo aquilo que precisa de atenção e levantamento de dados para para não colocá-la em risco.

    Por exemplo, você sabe, agora, de cabeça, o que está acontecendo com seu negócio? Que área gasta mais, que área gasta menos, quanto custa permanecer aberto, oferecendo seu serviço/produto?
  • É aí que chega o momento de Controlar, quando você já tem divididos os pontos que precisam de sua atenção (setores, produtos, fornecedores, clientes…) e conseguirá entender quanto entra e sai do seu caixa.

    Novamente: você sabe hoje quanto paga de contas essenciais, como luz, água e internet? Sabe quanto do seu caixa é comprometido para a produção e pagamento de salários?
  • Com essas informações você conseguirá Analisar os dados colhidos através de relatórios e observações, claro, para perceber e entender a fundo a saúde do seu negócio.

    Onde você pode investir mais tempo e/ou dinheiro ou fazer um corte de custos? Você está gastando mais do que recebendo? Por que?
  • Tendo tudo isso em mente – e no papel/planilha/sistema – é possível pensar nos próximos passos e Planejar, definir o futuro do seu empreendimento.

Sabe as áreas ou produtos onde você está gastando mais dinheiro que gerando lucro, será que não é possível reduzir esses gastos com alguma mudança? Ou então pensar em alguma ação diferente para reverter essa situação? O que será necessário fazer para garantir um futuro saudável?

Tendo esses primeiros passos em mente, você conseguirá visualizar como está a situação atual do seu negócio, seja ele uma grande empresa ou mesmo um pequeno comércio, para pensar em que atitudes precisa tomar e garantir um futuro mais saudável e estável para sua empresa.

Se quiser saber mais sobre cada um dos passos, teremos conteúdos específicos para cada passo e como colocá-los em prática. Fique ligado!

Fique atualizado!
Gostaria de receber mais dicas no seu e-mail?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.