Se você está aqui, é porque provavelmente já percebeu que é MUITO importante ter um plano financeiro para sua empresa.

Esse é o primeiro passo para transformar sua maneira de pensar, agir e ter resultados espetaculares em todas as esferas da sua vida.

Este artigo faz parte de uma série de materiais que irão te ajudar a desenvolver características fundamentais para lidar com os desafios de empreender.

Boa leitura!

Modelo mental de planejamento


Durante grande parte da minha vida eu fui o cara que achava que planejar era perda de tempo. Toda aquela coisa de definir os detalhes de uma viagem, por exemplo, tornava a experiência chata.

Mais tarde aprendi que isso aconteceu porque, assim como grande parte da população, eu não fui estimulado ao hábito de planejar

Planejar NÃO era o comportamento normal do meu contexto. 

Planejar vs Sonhar

Normalmente as pessoas confundem PLANEJAR com SONHAR. Quando pergunto: “qual é o seu plano para os próximos 5 anos?” a resposta vem em formato de sonho: “Ah, quero estar com minha empresa funcionando.”, “Ah, quero estar com minha casa própria.”,  “Ah, quero estar faturando R$1.000.000,00”. Mas o plano de COMO chegar a este sonho dificilmente existe.

Comigo foi a mesma coisa. Sempre sonhei e sempre fui estimulado a sonhar, mas o planejamento era ZERO.

Pois bem, a “virada de chave” aconteceu quando percebi que não estava conseguindo chegar perto dos meus sonhos. 

Aliás, o meu primeiro negócio veio assim, sem planejamento. O segundo também. O resultado: passei a fazer parte das estatísticas onde 50% das empresas fecham as portas nos primeiros 2 anos de vida

50% das empresas fecham as portas nos primeiros 2 anos de vida

Eu fali. Duas vezes.

E foi assim, pela DOR, que aprendi como o planejamento é importante para te aproximar de onde você quer chegar. 🙂

Claro que é preciso entender as motivações (e desmotivações) de cada indivíduo e hoje já existe até um campo de estudo das finanças comportamentais que vai mais a fundo no assunto. O que em geral se percebe é que quanto menos conhecemos do caminho, menor é o engajamento com os desafios. 

[Conversamos com a Cássia D’Aquino, especialista nesse assunto. ▶️Confira o vídeo aqui]

Dá para perceber isso em várias situações. Por exemplo, quantas pessoas você conhece que começaram a academia com muito engajamento, indo todos os dias da semana, e depois de 2 ou 3 meses abandonaram os exercícios?

Isso acontece porque na maioria das vezes os resultados até aparecem mas como não existe um objetivo claro, o resultado parece não valer a pena. 

Legal Flavio, mas e aí, o que eu tenho que fazer para desenvolver a mentalidade orientada ao planejamento?

Dica prática para desenvolver o modelo mental de planejamento


Antes de tomar qualquer decisão tenha sempre a resposta para duas perguntas:

  • Onde estamos agora? (Cenário atual)
  • Onde queremos chegar? (Cenário futuro)


Planejamento é imaginar caminhos possíveis partindo de onde você está (cenário atual) até aonde você quer chegar (cenário futuro).

Gráfico que mostra planos possíveis para sair do ponto A e chegar no ponto B.


Acredite, só com esse exercício você já será estimulado a desenvolver outras habilidades como organização, disciplina, liderança, estratégia e coragem.

Vou dar um exemplo para exercitarmos esse modelo de pensamento. Imagine a seguinte situação:

Onde estamos agora? (Cenário atual)
Temos 100 clientes que geram um faturamento de R$20.000,00 mensais e um lucro líquido de R$3000,00 (15%).

Onde queremos chegar? (Cenário futuro)
Teremos 200 clientes que geram um faturamento de R$100.000,00 mensais e um lucro líquido de R$20.000,00 (20%).

Você consegue pensar em caminhos possíveis para sair desse cenário atual e chegar no cenário futuro? 

Aumentar o preço? Investir em marketing? Contratar novas pessoas? Melhorar o serviço? Melhorar o produto?

Perceba que independente da viabilidade do cenário futuro, com as respostas para essas perguntas fica mais fácil enxergar a distância, o grau de dificuldade e até algumas ações possíveis para chegarmos até nosso objetivo. 


Com a visão do cenário atual e do cenário futuro nós passamos a ter que decidir quais ações vamos tomar. E aqui começa outra dificuldade muito comum dentro das empresas: a tomada de decisão.

Dica prática para melhorar a tomada de decisão na empresa


“Tudo o que sua empresa tem são GASTOS.” 

Siiiim! Já falei sobre isso num vídeo que gravei há alguns anos para explicar como uma empresa funciona. (▶️assista aqui)

A diferença entre uma empresa que dá certo de uma que não dá, são as DECISÕES de COMO GASTAR o dinheiro.

A empresa que dá certo sabe onde está, sabe para onde está indo e antes de gastar sempre responde a pergunta:

  • Esse gasto nos aproxima ou nos afasta do nosso cenário futuro?



Buscar a resposta para essa pergunta antes de tomar uma decisão pode evitar que erros, influenciados pela heurística e pelos vieses, aconteçam. 

Heurísticas e vieses são atalhos criados pela nossa mente para facilitar a tomada de decisão. Na maioria das vezes as decisões influenciadas por elas não são as melhores porque nos levam a atitudes irracionais, ignorando dados e fatos sabidos.


Respondendo a essas três perguntas já é possível começar a desenvolver um modelo mental de planejamento. 

O que achou do conteúdo? Deixe sua mensagem nos comentários e ajude a tornar este debate ainda mais rico.

No próximo artigo vou dar dicas para você começar a fazer o planejamento financeiro já!

Um grande abraço e bons negócios!

Fique atualizado!
Gostaria de receber mais dicas no seu e-mail?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.