Nota: O conteúdo que você lerá a seguir foi escrito por nossos parceiros da Contabilizei, maior escritório contábil do Brasil.

A importância do contador se reflete no fato de que é este o profissional que gerencia todas as operações financeiras e/ou tributárias. Justamente por isso, o contador também é uma ajuda essencial na tomada de decisões em busca dos melhores resultados.

Com exceção do MEI, todo empreendedor deve possuir um contador ou contabilidade para sua empresa, daí a importância do contador.

Pensando nisso, é importante que desde o início seja estabelecida uma relação de confiança e transparência entre empresa e contador.

Embora muitas vezes a atividade do contador seja vista apenas como cuidar da tributação da empresa, é este profissional que atua no encerramento de atividades e até mesmo na abertura de novos negócios.

Se faz claro por esta linha de raciocínio, que o contador é parte essencial de qualquer empresa. Tanto quanto o próprio administrador.

Entre as atividades que o contador irá desempenhar podemos então realçar:
 Abertura e fechamento de empresas;
 Organização de regime tributário;
 Responsabilidade pelas informações contábeis da empresa.

O que é o contador

Realçada a importância do contador, podemos falar mais sobre o que de fato é um contador.

Por definição, recebem o título de contadores apenas os bacharéis em ciências contábeis, enquanto os que se forma no curso técnico são chamados de contabilistas.

A grosso modo, a função do contador é acompanhar e garantir o funcionamento das rotinas financeiras da empresa.

Entretanto, é importante salientar que as funções do contador não ficam apenas na área administrativa.

Hoje, com um diploma de ciências contábeis o contador pode encontrar colocação em diversos setores do mercado tais como mercado de seguros ou mesmo em perícias.
O contador que atua na área de perícia por exemplo, é importante na investigação e resolução de questões judiciais. Já o contador que da área de atuária lida com seguros, previdência e investimentos.

Obviamente, os administradores que buscam um contador não se interessam por essas áreas específicas, salvo exceções, e estes buscam por contadores tradicionalmente especializados na gestão de empresas.
São estes os contadores que realizaram os cálculos do imposto de renda, bem como os diversos impostos com os quais um negócio deve lidar como o PIS e a COFINS.

Qual a sua importância na orientação para o empreendedor

Com tudo isso em mente, fica fácil entender a importância que o contador tem na vida de um empreendedor.
O primeiro motivo é óbvio: um contador irá realizar o seu planejamento tributário evitando apertos no fim do mês e focando em diminuir com impostos para aumentar o ganho final.

Não bastante, a importância do contador também se reflete nas constantes mudanças na legislação quanto a produtos e serviços. Enquanto o empreendedor pode se dedicar a se atualizar sobre o seu ramo especificamente, o contador se mantém atualizado das regras para que o negócio continue funcionando dentro do regime tributário.

Infelizmente algumas empresas buscam fazer uma economia equivocada com a contratação de serviços incompletos ou mesmo não contratando um contador.

Embora isso pareça econômico a curto prazo, a longo prazo fica claro que um contador incapaz (ou não ter um contador) acaba gerando prejuízos advindos de uma má administração contábil.

Pensando nos balanços da empresa entende-se isso facilmente: quando este é mal realizado, os resultados são inconsistentes e isso gera dificuldades com a captação de recursos e investimentos. Ou mesmo torna essa atividade impossível.

Por isso, a importância do contador se reflete diretamente no seu caixa e no crescimento futuro da sua empresa.

Os tipos de atividades profissionais

Como dissemos, os contadores podem atuar em diversos setores do mercado, embora tenha sido associado apenas a gestão de empresas.

É importante ter isso em mente por dois motivos: primeiro, talvez você precise de um contador mesmo sem ter uma empresa e segundo, talvez a sua empresa precise de um contador especializado em outras áreas.

Para te orientar nessa questão, vamos falar um pouco das outras atividades que um contador pode exercer.

  • Analista Financeiro: Os contadores que escolhem essa área de atuação são muito requisitados nas empresas de crédito devido as suas especialidades: análise de crédito, análise de desempenho e análise de investimentos.
    Essas três habilidades compõem uma visão estratégica de juros e investimentos.
  • Auditor: O auditor foca suas habilidades de contador na busca e monitoramento de irregularidades, identificando-as e corrigindo. Os auditores geralmente atuam antes dos peritos, seja para viabilizar o trabalhos destes ou para preveni-los.
  • Consultor: O consultor oferece todo seu conhecimento em ciências contábeis na resolução de problemas específicos sejam com tributos, custos, planejamentos, etc.
  • Perito: Como o nome entrega, estes contadores lidam atividades periciais, seguindo as regras da Norma Brasileira de Contabilidade. Estes profissionais emitem laudos, mediante exames e vistorias e conduzem investigações, em geral em nome da Receita Federal.

O que impacta a decisão errada

Devido a importância do contador, a sua contratação deve ser feita com critérios cuidadosos a fim de evitar as consequências negativas de uma decisão errada.

Entre essas consequências uma das piores é o risco de cair na malha fina com declarações inconsistentes. Neste caso, é preciso acionar recursos que buscam reduzir as consequências legais de um erro que poderia ter sido evitado com mais cuidado na contratação do contador.

Caso passe por isso e o prejuízo seja maior que o esperado, é bom saber que o contador contratado pode ser processado em busca de recuperar as perdas causadas pelo erro (de ambos).

Outra consequência que pode acontecer é você acabar pagando mais impostos que o devido. Como são esses profissionais que realizam o seu planejamento tributário, é imprescindível que possuam conhecimento acerca de personalidade jurídica e o tipo de lucro com o qual irá trabalhar (presumido, estimado, etc) para fazer o plano tributário mais viável.

Como cada empresa é um caso, a melhor forma é optar por profissionais experientes no mercado.

Como alterar atividade empresarial

Entre as responsabilidades de um contador, uma das mais importantes é saber alterar atividades empresariais ou seja, os cnaes.
Embora essa seja uma atividade simples, é importante ficar atualizado a respeito das regras.

O primeiro passo é a mudança de atividade no contrato social da empresa e a comunicação do fato a Junta Comercial para averbação do contrato.
Após isso é hora de buscar os órgãos onde seu empreendimento foi registrado e atualizar suas informações. Sem esses passos, o seu negócio corre o risco de acabar operando de forma irregular, o que pode acarretar em multas salgadas.

Por fim, é hora de comunicar na prefeitura da sua cidade sobre a mudança para atualizar o seu alvará de funcionamento, quando for o caso.
Não raro, as mudanças de atividades vêm acompanhadas da demanda de alterar ou aumentar novas atividades, licenças e tributos que não existiam no passado.
Lidar com essa nova tributação é serviço do contador.

Como escolher um bom contador

Com essa visão mais abrangente, fica claro entender a importância do contador e de escolher um bom. Mas como fazer isso?

Uma das melhores formas é avaliar a cartela de clientes do seu potencial contador e verificar se nomes confiáveis aparecem. Além disso, ir pelas velhas e boas indicações também é muito efetivo.

Mas, em um tempo que a internet está cada vez mais presente, a busca de contadores pela internet se tornou real e por isso talvez sejam necessários critério mais tangíveis e um método para avaliar um contador, sem precisar se basear apenas na experiência de outros empresários.

Uma vez que você tenha um contador ou escritório de contabilidade em vista, não se esqueça de verificar a sua regularidade por meio do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e pelo Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Critérios e passo a passo a passo

Obviamente a filiação ao CRC e ao Sescon são apenas pré-requisitos para avaliar um contador. Abaixo, vamos ver primeiramente alguns critérios a se considerar na contratação do seu contador:

  • Especialidade: pense na área e nos problemas que sua empresa enfrenta, e como uma especialidade poderia resolvê-los.
  • Pelo perfil: um contador que já lide com clientes na sua área de atuação obviamente estará mais preparado a lhe ajudar.
  • Qualidade de comunicação: já foi dito que a importância do contador se dá especialmente pela parte de seu serviço que auxilia na tomada de decisões. Porém, para isso é importante uma comunicação clara e assertiva.
  • Legalidade: checar o CRC e o Sescon.

Uma vez que seus potenciais candidatos atendam aos critérios, é hora de dar alguns passos.

O primeiro é definir se a sua atuação será interna ou terceirizada. Tenha em mente que atuações internas custam mais caro, mas são imprescindíveis para grandes empreendimentos.

Definido o modelo de trabalho, é hora de apresentar suas necessidades e verificar as soluções apresentadas e comparar entre os profissionais. Uma vez que esta parte tenha sido esclarecida, você poderá decidir claramente qual lhe atende melhor.

Por fim, é hora de partir para o contrato com o escolhido. É importante a especificação das responsabilidades do contador, bem como o tempo de serviço e os valores a serem pagos.

Como pode perceber, embora seja algo trabalhoso, não é difícil considerar a importância do contador e escolher um bom escritório de contabilidade.

Fique atualizado!
Gostaria de receber mais dicas no seu e-mail?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.