Para inaugurar nosso conteúdo colaborativo vamos postar a experiência de uso do Granatum Pessoal pelo usuário Tiago Prudente. Este artigo foi postado como um comentário no site efetividade.net como resposta a seguinte pergunta “Com que ferramenta você gerencia suas finanças pessoais?”.

Este comentário mostrou-se um guia repleto de dicas. Façam seus comentários e ajudem a enriquecer ainda mais este artigo.

 

O Granatum substituiu todas minhas planilhas

Precisava de uma ferramenta que pudesse ser acessada por mim e por minha esposa, em nossos computadores e celulares (android).

Utilizamos por muito tempo 3 planilhas em Excel: uma para lançamentos de despesas e receitas; outra para controle de cartões de crédito; e outra para dívidas ou empréstimos com irmãos, mãe, amigos e etc. Mas o fato de só poder fazer lançamentos das despesas quando estiver em frente a um computador inviabiliza um controle financeiro. Pelo menos pra mim.

Pensamos em mudar para o GDocs, mas não conseguimos converter nossas planilhas para o formato do google. Só a idéia de ter que criar todas as planilhas novamente no GDocs, fez com que desistíssemos de vez das planilhas e procurássemos uma ferramenta que já fosse multiplataforma.

Analisamos diversas ferramentas (principalmente as online) até optarmos pelo Granatum.

O Granatum (www.granatum.com.br) é uma ferramenta web gratuita. Possui uma versão do site para dispositivos móveis bastante leve, mas me parece que já estão desenvolvendo aplicativos para android e iphone. A interface é extremamente amigável e possui diversas vantagens que só encontrei em versões pagas de outras ferramentas:

  • Cria quantas contas e categorias quiser.
  • Possui a função “Transferência” para ser usada quando ocorre uma movimentação entre SUAS contas (o que não deve ser caracterizado como despesa). Em outras ferramentas sem essa função, você precisa lançar uma despesa em uma conta e a receita em outra conta.
  • Importa extratos bancários dos internet banks fazendo com que os lançamentos sejam bem mais rápidos.
  • Possibilita lançamento de pagamentos agendados com periodicidades diversas (mensal, bimestral e etc). Ao realizar o pagamento do item agendado você pode alterar o valor pago. Ele manterá os dados do previsto e do realizado para aquele item. Ideal para contas variáveis como água, luz, telefone e etc.
  • Além de agendar pagamentos conhecidos você pode criar metas para categorias. No nosso caso, temos categorias como “alimentação” e “gastos pessoais” para cada um. Essas categorias possuem suas metas, e os gastos com as mesmas podem ser acompanhados em forma de porcentagem. Constantemente desisto de almoçar naquele restaurante caro, que é mais perto do trabalho, quando percebo que meus gastos com alimentação já estão em 75% da meta do mês, enquanto os gastos dela estão em 30%!
  • Diversas opções de filtragem de contas e categorias para que você visualize exatamente o que precisa.

Por mais que aparente ser complexo e com funcionalidades demais, a interface é extremamente simples. O nível de complexidade que seu Granatum terá depende somente de você (quantas categorias você tem necessidade, quantos contas, metas e etc).

Além de substituir de forma excelente nossa planilha de controle de despesas e receitas (principal objetivo da ferramenta), vou contar artifícios que utilizamos para que o Granatum pudesse substituir também a planilha de controle de cartões de crédito e a planilha de empréstimos e dívidas.

Pra começar, além das contas óbvias como “BB Fulano”, “Itaú Esposa” e etc, o dinheiro em mãos também é uma conta chamada “Conta Dinheiro”. Cada cartão de crédito também é uma “conta”. E por fim, cada pessoa do nosso círculo de empréstimos e dívidas também são “contas” (Conta [Mãe], Conta [Irmão], Conta [aquele amigo que sempre te pede dinheiro] e por ai vai).

CONTROLE DE CARTÕES DE CRÉDITOS

Cada compra feita em um cartão de crédito é uma despesa lançada na conta daquele cartão. Pagar o cartão no dia da fatura nada mais é do que uma transferência da conta pagadora para a “conta” do cartão. Sendo assim as “contas” de cartões de crédito sempre serão contas negativas e só não serão zeradas todo mês porque você provavelmente fará compras entre os dias do fechamento da fatura até o dia do vencimento.

Fazendo isso você manterá todo o controle dos seus cartões, sabendo exatamente quanto será a fatura de cada um deles.

CONTROLE DE EMPRÉSTIMOS E DÍVIDAS

Cada vez que você emprestar ou tomar emprestado dinheiro de alguém deverá ser feito uma transferência da/para a “conta” daquela pessoa para/da a sua conta em questão. Todas as “contas” que estiverem com saldo negativo, significa que você deve a pessoa, saldo positivo, a pessoa te deve.

Embora rapidamente se pegue o jeito, no início você pode vir a fazer confusões quando se misturam situações envolvendo os 3 controles citados:

Exemplo 1

Seu irmão pagou toda a conta do bar que você ia dividir com ele, para você pagar depois.

Procedimento: Primeiro você tem que lembrar que isso foi uma despesa. Então o correto é lançar a despesa no valor da sua parte na “Conta Dinheiro”. Depois você deverá lançar uma transferência da “Conta [irmão]” para a “Conta Dinheiro” no mesmo valor.

Resultado: Sua “Conta Dinheiro” não sofreu nenhuma alteração real (afinal você não deu nenhum dinheiro); sua despesa está lançada pois você gastou com aquilo; e está registrado que você deve aquele valor ao seu irmão.

Exemplo 2

Você botou a passagem aérea da sua mãe no seu cartão.

Procedimento: Ao fazer a compra você fará uma transferência da “Conta [Cartão]” para a “Conta [Mãe]“. Ao sua mãe pagar, você fará a transferência da “Conta [Mãe]” para qualquer que seja a conta que ela pague. Ao pagar a fatura do cartão você fará o procedimento normal (já explicado acima) de fazer a transferência da conta pagadora para a “conta” do cartão.

Resultado: Você em momento algum lançou uma despesa, afinal você não teve nenhuma; sua “conta” do cartão recebeu o débito no valor da passagem; ficou registrado na “Conta [Mãe]” o quanto ela precisa lhe pagar.

Na tela inicial existe uma relação de todas as suas contas e o saldo de cada uma delas. Adotando essas medidas você sempre saberá o total de dinheiro que você possui envolvendo: suas contas; o que falta você pagar de cartões; o que tem na mão dos outros; e o que falta pagar a outros.

Espero ter sido claro!

Abraços.


banner blog ebook fluxo caixa Como o Granatum substituiu todas as minhas planilhas
Fique atualizado!
Gostaria de receber mais dicas no seu e-mail?

11 comentários para “Como o Granatum substituiu todas as minhas planilhas”

  1. tony prado

    Olá, boa noite

    Parabéns pelo otimo trabalho.
    Mas eu atualmente estou usando o PocketMoney no ios pelo fato de poder usar offline. Uso no iphone com sincronismo no ipad.
    Gostaria muito de passar usar o granatum, porém o que me impede, é o fato de vcs não terem um app q funcione off pois aqui em Vitoria, no Espirito Sto o 3g é uma piada. Tentei usar granatum um tempo mas devido a dificuldade de conexão 3g em alguns locais aqui eu desisti e voltei para o pocketmoney

    Abs

    Responder
      • Bruno Augusto

        Olá Flávio,

        Existe alguma previsão para o lançamento?

        Eu uso o Granatum já faz um bom tempo e não quero ter que mudar para outro serviço, pois já faz quase um ano que lanço todo meu controle financeiro nele, porém agora tenho um tablet android e vejo que preciso de um app que funcione offline para posterior sincronização.

        Sei que o serviço é gratuito e pode parecer estranho tais cobranças, mas eu preciso de algo que resolva minhas questões, pois estou perdendo o controle dos meus gastos e não gostaria de ter que começar tudo de novo em outro serviço.

        Att.

        Responder
        • Daniel Cunha

          Independente de ser gratuito. Eu mesmo estou disposto a pagar por um aplicativo que me permita fazer meus lançamentos off no celular(android) e que tenha uma interface web.

          Acho que a Granatum está deixando a desejar com essas datas que nunca aparecem. Criam expectativas dizendo que “em breve” o aplicativo estará disponível mas fica só no “em breve”. Isso desde novembro de 2011.

          Apostei no “em breve” e migrei minhas finanças pro Granatum mas já arrependi.

          Ficam enrolando para postar uma previsão (sei lá .. dez de 2013) e verem seus clientes migrando para outros aplicativos.

          Responder
  2. Zalan

    Gostei muito do sistema, mas hoje busco um sistema que possa utilizar na tela do PC e no meu celular. O Granatum tinha tudo para fazer um grande sucesso se possuísse os apps de integração com o site para Android e IOS.

    Responder
  3. José Crispim

    No artigo fala sobre acesso em celular com o sistema operacional Android. Entretanto, no site não vejo qualquer referencia ao mesmo.
    A minha pergunta é: Há alguma versão do Granatum para dispositivos móveis (Android, Iphone, etc…)?

    Grato.

    Responder
      • Daniel Cunha

        >>Flavio Logullo disse: Em breve teremos versões de aplicativos para iPhone e Android.

        Já existe alguma previsão para disponibilizar da versão para Android?

        A versão mobile irá trabalhar offline (com sincronização quando houver conexão com a web) ou será apenas online?

        Pergunto, pois preciso de uma ferramenta que também trabalha off (nem sempre estou conectado), mas não gostaria de perder o recurso de operar o sistema na web.

        A propósito, gostei da ferramenta.

        Responder
        • Flavio Logullo

          Olá Daniel, por enquanto estamos apenas com a versão web otimizada para dispositivos mobile.
          Priorizamos outras melhorias e features da ferramenta mas, um app mobile está em nossos planos para um futuro bem próximo.

          Muito obrigado pelo feedback e pela mensagem.

          Um grande abraço de todo time!

          Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>